Posts Tagged ‘plantio’

O Plantio – parte I

BlogBlogs.Com.Br SOBRE AS MUDAS DO POMAR…

Melhor será adquirir as mudas enxertadas num viveirista. Os cuidados com as mudas adquiridas são: – Antes do plantio, deve-se introduzir os respectivos blocos em água, durante 3 horas, até que ocorra sua embebição máxima, que virá restaurar rapidamente a vitalidade e a turgidez perdida pela planta, durante os rigores da viagem. – As mudas, cujas raízes vêm protegidas com torrão, podem ser conservadas alguns dias na embalagem original, desde que fiquem ao abrigo do sol direto e recebam as regas necessárias.

– As mudas de raízes nuas, não devem ser esquecidas ao sol ou ao vento pois poderão morrer facilmente. Essa operação deverá ser feita cuidadosamente, para assegurar condições adequadas para o crescimento das plantas:

  • Em dia preferencialmente nublado, retira-se das covas a terra necessária para abrigar o torrão ou o sistema radicular das plantas.

  • No caso da muda com torrão estar protegida por envoltório, deve-se retirá-lo cuidadosamente de modo que o torrão não se desfaça. A preservação do torrão é especialmente importante para certas espécies (abacate, manga, caju, etc).

  • Retirado o envoltório, o torrão é colocado no centro da cova de modo que a sua borda superior fique cerca de 5 cm acima do nível normal do solo.

Esse procedimento vai garantir que, como assentamento da terra da cova, o colo da muda fique no mesmo nível do terreno ou pouco acima, mas nunca enterrado, o que prejudica seu desenvolvimento, além de favorecer a ocorrência de podridões das raízes e do colo.

Com a muda da raiz nua, a primeira preocupação é com relação à distribuição do sistema radicular, que deve ficar o mais naturalmente disposto. Também nesse caso deve-se cuidar para que o colo da planta fique cerca de 5cm acima do nível normal do solo.

Preparando o Lugar de Plantio

BlogBlogs.Com.Br

O local  para implementação do pomar deve ser preparado cuidadosamente através de arações e gradagens, de modo a deixá-lo revolvido e destorroado. Deve ser  feita uma aração profunda e duas gradeações cruzadas.

No entanto, antes mesmo de fazer o preparo do solo, é necessário fazer uma análise do solo,  e,  com base nessa análise, seja calculada a quantidade de corretivos e fertilizantes que deverá ser usados.

A adubação constitui um excelente fator que pode e deve ser usado pelo agricultor para ter, sempre, a terra em condições desejáveis de fertilidade. Veja alguns passos importantes na preparação do solo para o plantio:

  • Fazer a aração e gradagem do solo;
  • Fazer análise do solo  e com base nessa análise  fazer a correção (fertilizantes, corretivos e/ou cal dolomítico).
  • Abrir covas de 60cm x 60cm x 60cm. Para as espécies que são plantadas a menos de 6 metros um pé do outro, pode-se reduzir essas dimensões até o mínimo de 30cm de largura por 30cm de profundidade (bananeira). No entanto, um melhor preparo do terreno consiste em se sulcar o solo seguindo as curvas de nível, nos espaçamentos indicados entre as linhas das plantas e, nesses sulcos, preparar as covas que receberão as mudas, nos intervalos indicados para cada espécie.
  • Recomenda-se que a terra retirada da superfície da cova seja colocada de um lado e a da porção mais profunda de um outro lado. A elas são misturados fertilizantes químicos e orgânicos e então a cova é preenchida, invertendo-se as camadas: primeiro faz-se o enchimento com a terra retirada da superfície para completar, depois com a terra originária do fundo.