Posts Tagged ‘enxertia’

Propagando frutíferas por Enxertia

Alguns processos de enxertia são mais delicados, necessitanto dessa forma mais cuidado da parte do homem e material mais adequado. Por exemplo: tomar um gomo, borbulha ou ôlho de uma planta, ou mesmo um pequeno ramo ou brôto, que terá o nome de “cavaleiro”, e encostá-lo no “cavalo”, ou planta que servirá de mãe, procedendo-se a ligação de ambos, sem que se alterem as características de ambos e obtendo-se melhoras na nova planta.

A tesoura de podar é usada para cortar os ramos a enxertar e para decepar o “cavalo”. O escôpro é usado para fender os caules grandes nas garfagens. As ataduras servem para ligar bem o “cavaleiro” ao “cavalo”. Fibras de bananeiras, piteiras e outras plantas são excelentes ataduras.

Enxertia é o casamento entre o “cavaleiro” (estaca de variedade que interessa para o cultivo) e o porta-enxêrto ou “cavalo” (variedade resistente a pragas e doenças, e que retira facilmente os nutrientes do solo). Assim, consegue-se frutos uniformes vindos de frutíferas resistentes.

Tanto o “cavalo” como o “cavaleiro” têm que pertencer à mesma família botânica. Exemplo: laranja e limão. Os tipos de enxertia são:  GARFAGEM, BORBULHIA e ENCOSTIA.

Anúncios