O quebra-vento do pomar

Um pomar, independente do tamanho, sempre traz grandes vantagens. Abrigar pássaros, proporcionar uma deliciosa sombra nos dias quentes e o maravilhoso praze de experimentar uma fruta fresquinha, cultivada com muito carinho e dedicação.
De preferência deve ser planejado para estar em terreno voltado para a face norte. Uma questão importante também é o efeito dos ventos no pomar. Algumas espécies como as mangueiras são muito sensíveis ao vento que provocam a derrubada das flores. Nesse caso deve-se improvisar quebra-ventos, se possível naturais, que resolvem bem o problema.
O pinus – Pinus patula – é muito indicado para isso. Existem 90 espécies de Pinus espalhados pelo hemisfério norte e algumas áreas tropicais e subtropicais. Na primavera, o pinus forma “candelabros” que são muito utilizados em artesanato como enfeites de natal.
O pinus tem preferencia por solo poroso, que permite a boa drenagem da água.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: