O Plantio – parte II

BlogBlogs.Com.Br

O plantio do abacate merece um cuidado especial porque suas mudas são sensíveis às queimaduras causadas pelo sol no seu tronco, proximo ao solo. O ideal é fazer uma proteção com o proprio material de revestimento da muda. Não utilizar também para proteger a terra em redor da muda  capim ou palha.

O plantio do abacate merece um cuidado especial porque suas mudas são sensíveis às queimaduras causadas pelo sol no seu tronco, proximo ao solo. O ideal é fazer uma proteção com o proprio material de revestimento da muda. Não utilizar também para proteger a terra em redor da muda capim ou palha.

Depois da  limpeza e aradura, mais ou menos produnda do terreno, abrem-se as covas.

Feita a cova, deverá ser feita uma boa adubação orgânica, usando-se esterco de curral bem decomposto e bem curtido, porque, em caso contrário, a muda sofrerá com o calor da fermentação do estêrco, principalmente se as covas não são feitas com antecedência de um mínimo de 2 meses.

No ato do plantio, não se deve dispensar o calcamento por cima da cova, colocando terra em perfeito contato com as raízes das mudas. Deve-se então, após o plantio, tutorá-las colocando uma estaca de bambu ou outro material qualquer. Tomando-se esses cuidados, mantém-se a planta em posição vertical. Devemos colocar  esterco, misturando-o  fora da cova com a terra da superfície,  e depois colocando para dentro da cova, a referida terra,  até ao meio, dando uma leve pisada, a fim de que possa acamar um pouco.

Terminado o trabalho de plantio, faz-se uma bacia de irrigação ao redor da muda. Para isso, a terra dos lados da planta é puxada com uma enxada, de modo a formar um círculo mais alto que o terreno vizinho. a cerca de 50 cm do tronco da muda o qual servirá para reter a água utilizada na irrigação.

Na sequencia,  segue a cobertura do solo dentro dessa bacia de irrigação, com capim, palha de arroz ou qualquer outro material que o proteja de evaporação excessiva.  Em seguida, faz-se a irrigação abundante que deverá se repetir sempre que necessário até que a muda pegue.

Uma vez iniciada a brotação da muda, deve-se fazer as adubações em cobertura,  dependendo do porte da espécie, repetidas quatro vezes a cada 45 dias aproximadamente, enquanto houver umidade no solo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: